uma loba na cidade

há uma loba à solta na cidade, perdida na selva urbana. os seus olhos vão lá além e ela representa-se no espírito livre de uma corrida. chega mesmo farejar os passeios, a saltar escadarias, a espreitar por detrás das estátuas altas nas pracetas, a buscar as beiradas das janelas do primeiro andar. chega mesmo a…

Local Sagrado

Abrem-se as pestanas e posso ver, sem uma qualquer vontade ou aflição, sem uma qualquer opinião ou análise, sem uma qualquer ilusão. Abre-se a retina fundida na leveza do Ser, e os pássaros cantam à desgarrada numa aliança com o íntimo silêncio. Abrem-se braços, muitos braços, onde me afundo em gratidão e gentilmente amo cada…

Toada da Terra e da Lua

à beira do rio, nem um sinal nas águas calmas, apenas pequenos círculos se espalham dos meus pés nus dentro das águas, calmamente. não há mais nada, senão a calmaria de já não conseguir pensar. e de repente o chão começa a palpitar e os meus pés saltam da água e o pó levanta do chão. não…

Gostou? Partilhe!