É integrada porque junta várias abordagens de diferentes terapias, fruto da minha experiência e formação ao longo dos anos, com base na experiência como facilitadora em centenas de workshops e sessões individuais, que traduzem um trabalho focado na terapia corporal, com profunda ligação à Mãe-Terra.

A terapia tem uma base xamânica, de práticas xamânicas milenares adequadas ao nosso tempo, integrada com uma abordagem psico-somática dos sintomas e descarga emocional através do corpo (Cura Arquetípica); assumindo que todas as nossas memórias estão no corpo.

O decorrer do processo terapêutico faz-se proveito das sincronicidades, fazendo uma aproximação a conteúdo inconsciente (Carl Jung), minando tesouros que nos trazem quem somos (Joseph Campbell), trazendo luz e resignificação a padrões repetitivos, muitas vezes transgeracionais, herança do nosso clã familiar (Psicogenealogia Evolutiva), que nos mantêm no sofrimento.

É uma terapia sistémica que vê a pessoa como um todo e que faz parte de um todo, na sua relação com tudo o que a rodeia!

É uma terapia integrada porque traz para cima da mesa as ferramentas necessárias para apoiar cada processo, adequada ao ritmo de cada um, adaptada e personalizada às tuas necessidades.